h1

Porto Príncipe após o terremoto

13 de janeiro de 2010

O grupo estava dividido em dois. Uma parte tinha ido à Universidade do Estado, entrevistar um professor, a outra ficou na La Pleiade, a maior livraria de Porto Príncipe. Eu estava na livraria. De repente, foi como se uma onda passasse pelos nossos pés e tudo começou a tremer. Corremos pro meio da rua e durante mais ou menos um minuto entre gritos e coisas caindo, ficamos perto um do outro.

As pessoas começaram a levantar os braços gritando “Jesus” e “Bon Dieu”, um posto de gasolina explodiu na quadra ao lado e feridos apareciam aos montes, dentro e fora dos escombros. Caminhamos em direção à casa do Viva Rio, onde estamos hospedados. Somos cerca de 15 brasileiros na casa.

Assim, Porto Príncipe veio abaixo. A ajuda internacional fazia a propaganda de um país que caminhava para a estabilização e de uma força militar da ONU, chefiada pelo Brasil, bem sucedida e preparada para possíveis adversidades. O terremoto e os rumores que começam a chegar na casa do Viva Rio no centro, Kay Nou, passam a impressão de que a cidade está abandonada. As tropas da ONU não saíram às ruas por enquanto para atender a população haitiana, possivelmente por se concentrarem no auxílio aos seus pares. Ouvimos notícias de saques, e escutamos tiros. A sensação é de que talvez as coisas piorem. Já falamos com o exército e estamos tentando entrar em contato com a embaixada.

Provavelmente saíremos daqui em algum tipo de evacuação. Mas o que vai ficar para os haitianos é a grande questão…

Ontem dormimos no jardim da casa ao som dos cantos de pessoas que velavam seus parentes e vizinhos.

Rodrigo Charafeddine Bulamah

Anúncios

79 comentários

  1. Meu Deus, que descrição triste, mas tão verdadeira. Espero que fiquem bem. Vou orar por vocês e pelo povo do Haiti. Nestas horas que podemos mostrar a quem e a que viemos neste mundo, lembrem-se!


  2. Nossa!! N


    • Estava esperando a tempo algum relato de vocês, ainda bem que escreveram…mas e a ajuda como está sendo? Não deixe de postar esses detalhes…sinto pelos haitianos…Desejo que vcs consigam ajudar da melhor forma possível.
      Acredito eu que, a noite de ontem, foi terrível para todos vcs.
      Bjos.


      • Olá. estava na espera de atualizações. Estou mais tranquilo sabendo que toda a equipe está bem. Passei a manha toda tentando falar com vcs.
        Será que vcs podem entrar em contato comigo. Trabalho no Jornal Hoje, em São Paulo. Quero tentar uma entrevista com vcs pelo skype. haveria possibilidade?
        Vcs estao conseguindo registrar tudo isso por imagens e fotos. Estamos com dificuldades para entrar aí.
        Por favor, se possível mande essas imagens e informações para meu e-mail.
        eduardo.gregorio@tvglobo.com.br
        Por favor, mande o contato de alguem no skype!!
        Um abraço e fiquei seguros e com Deus.
        gregório


      • A tragédia aconteceu e a máscara da Onu no haiti evaporou.
        Por mais que o P.i.G se esforce não conseguirão convencer que a Minustah pode agir livremente para ajudar a população..
        Estudantes COBREM adiantado por qualquer imagem ou informação que passarem ao P.i.G!!!


  3. Caras, estamos todos aqui em Campinas torcendo pelo bem estar de vocês. Estejam certos de uma coisa: vocês estão vivendo uma experiência assustadoramente rica. Como são pesquisadores, aproveitem para registrar o máximo possível dessa tragédia antes de voltarem pra Campinas. Mas voltem logo, porque a chance de as coisas piorarem ainda mais por aí me parece enorme.


  4. Gostaria de algum telefone de contato com vocês se possível.
    podem enviar para acmachado@sp.rederecord.com.br

    Obrigada
    Ana


  5. Quero neste momento encaminhar as sinceras e reais condolências a vocês pelo ocorrido no Haiti. Sou jornalista e também gostaria de saber se vocês tem, além do blog, uma outra forma de contato, telefônico, por celular, enfim, como a gente pode falar com vocês. Um abraço, Oscar Henrique Cardoso


  6. Olá, trabalho no jornalismo da Tv Aparecida e estou acompanhando o relato de vocês do Haiti. Como vocês estão postando estes textos? Como está a comunicação no país? Tem alguma cobertura de veículos de imprensa haitianos? Essa situação de ausência de ajuda de tropas internacionais permanece? Vocês se sentem tranquilos para sair e ajudar pessoas nas ruas ou a situação de insegurança, como está descrito, continua? Parabéns pelos textos e estamos acompanhando.


  7. Preciso falar com alguém que está aí. Favor enviar contato para o seguinte endereço: mbarros@sp.rederecord.com.br

    Obrigada,

    Marcia Barros


  8. Diego espero que esteja bem! um bjao


  9. Por favor, alguém tem notícia do Tenente Seiki (Vitor Seiki Nogueira), de Campinas – SP??? Nossa família ainda não conseguiu contato com ele! Que Deus abençoe e proteja todos vocês e todo o povo do Haiti! Estamos rezando!


  10. rodrigo, que bom saber que vocês estão bem. trabalho no estadão e estou tentando contato com brasileiros no haiti. você, se puder, me manda um email? entra em contato comigo, por favor?


  11. Olá,

    Gostaria de fazer uma entrevista com vocês para a programação aqui da CBN Campinas. Vcs têm alguma forma de comunicação fonada? Rádio, Telefone, Skipe ou celular. Mande um e-mail para mim com a resposta. abraço!

    Valter Sena
    Editor Chefe
    CBN Campinas
    sena@cbncampinas.com.br


  12. Por favor, alguém tem notícia do Tenente Seiki (Vitor Seiki Nogueira), de Campinas – SP??? Nossa família ainda não conseguiu contato com ele! Que Deus abençoe e proteja todos vocês e todo o povo do Haiti! Estamos rezando!


  13. Muito bom ter notícias daí através de vocês, com olhos críticos ao invés de sermos informados só pelos grandes meios de comunicação. Espero que estejam todos bem, mando beijos a todos (que me conhecem) e uma força danada de pensamento daqui do Brasil. Espero vê-los quando chegarem!


  14. Aqui no Brasil as notícias afirmam que 11 brasileiros morreram no terremoto de ontem, boa parte sendo militares. Outra notícia é que a médica filantropa Zila Arns (fundadora da pastoral da criança) estava ai no Haiti promovendo palestras e também morreu soterrada. Continuem nos informando, principalmente sobre o trabalho de remoção dos escombros e nos avisem se a força militar brasileira finalmente apareceu para ajudar a população mais necessitada!


  15. tem alguma maneira de manter contato com vcs por telefone ou skype…. sou da TV Brasil (TV Pública), gostaria de colocar vcs no ar com informações daí… se tiver como entrar em contato por email….


  16. Força aí!
    o professor Omar Ribeiro Thomaz está com vocês? Alguma notícia e forma de falar com ele?
    se sim, por favor, contatem-me


  17. Rodrigo, sou repórter da revista VEJA e gostaria muito de conversar com você sobre a tragédia. Vocês estão bem? Todos bem?
    Vocês estão com acesso a telefone? Ou msn? Email?
    Podemos falar de alguma forma, por favor?
    Obrigada.
    abs
    Laura
    11 3037-6299
    11 9598-5586


    • É, a pauta será:
      O Jobim salva o Haiti do terremoto que o Governo Lula causou no Haiti..

      Estudantes!! COBREM adiantado por qualquer imagem e infos que passarem diretamente aos sensacionalistas de plantão!!!


  18. Sou repórter do jornal O Globo e gostaria de ter mais informações sobre a situção de vocês no Haiti. Estão todos bem? Estão sem acomodação? Perderam seus pertences? Estão ajudando a retirar pessoas sob escombros? Enfim, o que está acontecendo neste momento. Grato, Flávio Freire


    • ao inves de deixarem o pais, por que nao ficam para ajudar? ou o pais só interessa quando esta tudo ok?


      • Quem disse que tinha algo “OK”, antes do terremoto? Vc não leu os posts antigos?
        Eles já estavam fazendo a parte deles antes do terremoto, não seja sensacionalista como o reporter da globo acima..
        Faça sua parte tb se estiver no Brasil e mobilize o pessoal do seu bairro para pressionar o governo para ações práticas..


  19. Sei que deve ser difícil, mas você não poderia postar fotos daí? Aqui a desinformação é muito grande. Imagine que até o ministro Amorim não sabia dizer nada em entrevista na TV. Apenas que aquele xerife que é contra os direitos humanos iria viajar junto com a ajuda brasileira. Com certeza vai colocar seu uniforme de campanha…
    Obrigado e boa sorte!


    • Não postem fotos sensacionalistas, postem uma lista com produtos que vcs precisam para podermos nos mobilizar e agir..
      Ficar sentado no pc vendo gente morta, são para os de alma morta, vamos cuidar dos vivos!!!


      • sem querer polemizar, eu não quero mais ver fotos de pessoas mortas no Haiti.


  20. Prezados,
    assim como muitas pessoas, estou tentando algum contato com vocês. A IstoÉ está elaborando uma matéria e uma conversa seria de suma importância para informar ao Brasil o que está se passando no Haiti. Vejo muitas demandas e compreendo o momento delicado, mas faz parte de um trabalho para algo maior.
    Se quiserem me add no msn e skype, os nomes são, respectivamente: faguedes@hotmail.com e Fabiana Guedes.
    Um grande abraço, força para vocês!
    Fabiana


  21. graças que estão bem. que belo gesto, não deixem de ajudar os feridos no que puderem. estamos rezando por todos.
    força!


  22. Nossa, vcs vão virar notícia hein…
    Beijos.


  23. Rodrigo querido
    Sou solidária a sua dor e desespero pela catástrofo que te cabe viver agora!
    Mas, estás vivo e deves cuidar-se.
    lamento muito tantas mortes e tanta dor!
    Que Seu espírito te fortaleça.


  24. Omar e meninos, é um alívio para nós saber que estão bem! Desejo sorte e muita força neste momento. Obrigada pelas informações periódicas! Beijos, mariana (dout.c.s.)


  25. Rodrigo,

    Fiquei muito feliz quando a Marina me disse que você havia feito contato e está bem!! Torcemos muito para que tudo saia da melhor maneira possível!!Para vocês e para o povo do Haiti.


  26. Olá, estou sensibilizado pela situação desse povo e imagino o que vcs devem estar passando aí! Que consigam ter a consciência interior de ouvir a voz do coração e com sabedoria possam de alguma forma se ajudarem e passando por cima de coisas pequenas, ajudar ao próximo que agoniza perto de vcs! Tenham muita força, tolerância, paciência, solidariedade e coragem de ser vcs mesmos!
    Saulo Lalli
    saulo@lalli.com.br


  27. Que Deus abençoe a todos! Força e fé !


  28. Gente, sobre a embaixada brasileira aí é melhor não esperar gde ajuda. A última manifestação que teve foi a que está na net: “Não temos nem onde atender nenhum brasileiro. Nossa embaixada, para efeitos práticos, não existe”, disse Amorim em entrevista coletiva no Itamaraty, acrescentando que três diplomatas e quatro funcionários da missão brasileira estão bem.
    Terão que se ajudar mutuamente, tentando manter a calma e a lucidez que o momento exige, até para sobreviverem em meio ao caos. Força, coragem, estaremos rezando por todos vocês.


  29. Aqui em Boa Vista (RR) tivemos notícia de que um integrante do Exército que foi em missão daqui de Roraima estaria desaparecido. Vocês têm alguma informação. Já conseguiram algum tipo de lista de desaparecidos. Como estão as coisas por aí? Mais tranquilas? Existe alguém do Norte Brasil aí que vocês conheçam. Por favor, nos informem. E continuem seus relatos no blog. Estamos acompanhando daqui.


  30. Rodrigo, Fiquei sabendo que v estava no Haiti ao mesmo tempo em que soube que v estava bem! Que alívio saber de v e que difícil deve estar sendoo ver tuddo isso. Coragem! E um beijo carinhoso pra v.
    Vane Barini


  31. Rodrigo, tentei falar com Daniel, mas não obtive muito sucesso.

    Você teria algum email? Gostaria de fazer algumas perguntas. Sou repórter da revista eletrônica Terra Magazine, do Portal Terra e o meu email é marcela_rocha1@terra.com.br

    Boa sorte por aí.

    Abraços


  32. Estou chocada com o que está acontecendo ai…se cuidem d todas as maneiras possiveis.Estamos resando por vcs.
    E jornalistas, vcs deveriam ter respeito pelo o q está acontecendo.E pelo grupo que está lá.


    • Jornalistas são importantes. Mas parece que estão só querendo “furo de reportagem”. Ou informações para ajudar? Ou será só “furo” mesmo?
      Em poucos minutos os comentários neste blog aumentaram muito (com jornalistas)… Antes o que era Haiti? O que era a pesquisa? Alguém se importa com o que o grupo iria trazer de informação se não houvesse o terremoto?


    • Concordo. Respeito.


    • Prefiro a “cobertura” de vocês, com crítica e inteligência do que as manchetes com mortes e desaparecidos dos jornais cotidianos. A história de vocês, a importância e a relevância das pesquisas que os motivaram a estar aí são coisas que me fascinam, mas, sobretudo, a crítica. A exposição dos fatos não com sensacionalismo, mas com um pensamento mais apurado. Porque o Haiti foi o primeiro a entender que “fraternité, igualité e liberté” não podiam compactuar com tráfico de escravos. E isso é algo mais do que dizer “é o país mais pobre da América Latina”, ignorando seu passado e seus valores.


    • É fato. Todo mundo vê. Menos os jornalistas cegos. Eles ao menos são humanos?


  33. Olá,

    Sou produtora do Fantástico e gostaria muito de entrar em contato com vocês.
    Por favor, entrem em contato comigo pelo e-mail: elayne.cirne@gmail.com


  34. Boa sorte Omar. Espero que todos estejam bem. Um abraço.


  35. Rodrigo, primeiro espero que você e seu amigos estejam bem.
    Sou da NBR TV do Governo Federal e do programa de rádio Voz do Brasil. Gostaria de saber se tem algum meio de entrar em contato com vc por telefone. Queremos gravar um depoimento seu. É possível?
    Aguardo sua resposta.
    Obrigada
    Carol M.
    61 37995874


  36. Graças a Deus todos estão bem! Espero que a situação não se agrave mais. []’s!


  37. Olá Rodrigo!
    Sou repórter da Band e gostaria de mais informações sobre a situação no Haiti. Caso você ou outro brasileiro possa me ajudar, meu email é gmiranda@band.com.br. Espero que estejam bem, obrigada, Graziela Sirtoli


  38. Sou mineira de Belo horizonte /MG, e sinto muito pela tragédia e pelos hatianos.
    Boa sorte para voçês.


  39. ro, que alivio!!! vi as noticias, e tava muito preocupada com voces!! que bom saber que estao todos bem! continue mantendo o blog atualizado. nao sei se vcs tao sabendo, mas aqui no brasil tambem teve uns tremores de terra bem fortes, no nordeste, se nao me engano, no rio grande do norte. boa sorte por ai, fiquem bem. um beijo, stella.


  40. Meus caros,

    Força para vocês. Se eu puder ajudar de alguma forma (mobilizando contatos, divulgando informações, entrando em contato com familiares e outras pessoas) me avisem. Omar, se ajudar de alguma forma, estarei no CEBRAP estes dias.

    Um fraterno abraço,
    Julia
    (Doutorado Ciencias Sociais Unicamp
    CEBRAP)


  41. Continuem postando.. Vocês são a melhor cobertura dessa triste situação.

    Um grande Abraço e Muita força!


  42. É um alivio enorme saber que está tudo bem com vocês. Espero que tudo fique bem por ai, na medida do possivel. Muita força nessa hora gente!!


  43. Meus sentimentos, meus amigos… Sei que a situação está crítica. Sou repórter da RedeTV e amanhã chegarei a Santo Domingo, na república dominicana. De lá, partirei para o Haiti. Alguem pode me passar informações sobre as condições das estradas?

    Vcs acham que será possível chegar aí dirigindo?

    Meu e-mail é fabioborges7@hotmail.com


  44. Sou jornalista e estou a caminho,

    mandem informações por e-mail para mim.

    fabioborges7@hotmail.com


  45. Pessoal, Omar! Espero que estejam todos bem.
    Cuidem-se e estou fazendo votos de que as coisas comecem a melhorar. Aqui toda a imprensa falou sobre a ajuda que está indo, então, espero que ela chegue logo.

    Abraços

    Carol Bazzo


  46. Oi, Omar e galera! Nossa, to mto mais tranquila de saber que vcs estao bem. Se possivel, continuem mandando noticias daí. Espero que a população seja logo atendida de alguma forma. Boa sorte aí! Estamos na expectativa aqui.


  47. Prof. Omar,

    Estamos sem notícias sobre um genro que se encontra no Haiti. Ele é 1o. tenente, o seu nome é Vitor Seiki Nogueira e encontra no Haiti pela missão de paz. As notícias por aqui estão desencontradas. Vc. saberia me dar uma pista como ter informações seguras?

    Paulo Sérgio França.

    Brasília-DF.


  48. Boa sorte a todos vocês! Com os perigos daí,e os interesses dos jornalistas daqui.


    • Talvez alguém pegue emails e telefones de jornalistas e faça alguma coisa – mas deixe-se isso para quem tem o nível deles…


    • Realmente é interesse… infelizmente… parece que só isso.


    • Verdade.. temos reunidos aqui a pura nata do sensacionalismo de base.. Quem alimenta o que vai ser dito na vergonhosa mídia brasileira..


  49. Rodrigo
    Escrevo cheia de apreensão e com o coração apertado. Se eu já estava horrorizada ao ver as imagens de uma tragédia tão cruel, com um povo já tão sofrido, agora ouvindo a voz do Omar pelo Jornal Nacional desabei.
    Sei que vocês devem estar muito ocupados tentando fazer alguma coisa, mas se vocês tiverem um tempinho, por favor, continuem escrevendo. Estamos todos muito preocupados com vocês.
    Toda força do mundo. Imagino que vocês estejam tentando ajudar, sei que é necessário, mas, por favor, não se arrisquem demais.
    Mande o meu beijo para o Omar.
    Fátima Évora (Depto de Filosofia)


  50. Oi, Omar e pessoal!

    Espero que estejam com força e bem para ajudar a população. Meus parentes estão todos bem! Que alívio!

    Abraço
    Jacque


  51. Não consigo me imaginar numa situação como essa… por isso, espero que todos vocês tenham força para superar tudo isso e em breve estejam em seus lares…


  52. Quero neste momento, deixar aqui registrado as minhas condolências a todo o povo Haitiano, e tambem que não deixarei em momento algum de orar pelas vitimas desta tão grande tragédia e todos os familiares, que Deus em sua infinita misericórdia venha confortá-los.


  53. Estou muito triste pelos haitianos e emocionada ao mesmo tempo. Vocês vão voltar e encontrarão os familiares e eles? O duro é saber, que realmente não podemos fazer nada.


  54. Rodrigo, c’est anne-martine, je sais pas si tu te souviens de moi, je suis l’amie haïtienne de Léa. On est super inquiète, si tu lis ce message, envoie un mail à léa ou moi ( muteengirly@msn.com) pour nous rassurer stp! Je ne sais pas si tu es sur Port-au-Prince même, je ne comprends pas bien le portugais, mais j’espère que tu as eu de la chance tout comme mon grand-père qui est là-bas. Contacte nous très vite stp, bises


  55. Olá…

    Muito triste o que está acontecendo por aí. Fico sem palavras diante desse povo tão sofrido e que passa por tamanha dor mas que ainda consegue “levantar os braços gritando “Jesus” e “Bon Dieu”.”. Que esse Bom Deus tenha misericórdia! renildaantunes@hotmail.com


  56. Rodrigo!!!

    A notícia do Haiti foi a primeira que eu vi assim que cheguei da Chapada Diamantina, onde fiquei um pouco isolada das notícias. Na hora me lembrei que vc estava lá, e minutos depois veio a notícia de que o grupo da Unicamp está tudo bem. Fiquei aliviada!
    Estamos torcendo por vcs!!!
    Fiquem com os deuses!
    um beijão para todos
    jU


  57. Omar, Rodrigão e outros que eu não conheço muito bem. Espero que estejam realmente bem, pelos relatos me parece que sim.

    Devem estar numa situação complicadíssima ai. Um misto de querer ficar pra ajudar e sair o mais rápido possível. Se cuidem.

    Abraços solidários.

    Douglas


  58. Amigo tentarei acompanhar seus dias por favor leia
    esse artigo
    http://www.watchtower.org/t/20051208/article_01.htm


  59. Rodrigo, que bom receber notícias. Que tudo que possa ser feito por vocês para esse povo faça toda diferença. Enorme abraço.


  60. Rodrigo, é com muita tristeza que li e reli seus relatos, mas com mais tristeza ainda de perceber a quantidade de pessoas/ jornalistas interessadas em publicar e vender a imagem e a história do sofrimento desse povo. Faça o que vcs puderem, estendam a mão, chore com os haitianos e registre tudo em suas lembranças, para que vc possa transmitir, quem sabe num futuro próximo, uma mensagem que muitos ainda não conhecem, que é o respeito àqueles que sofrem.


  61. Oi Rodrigo!! Sei que talvez não seja hora para isso. Nem sei se pelo nome saberá quem sou: aquela do ioga com o janir. Mas vim desejar que continuem fortes para ajudar esse povo, agradecer que estejam inteiros, e que continuem com a pesquisa, com a ajuda maraivlhosa e com essas palavras que nos fazem refletir tanto. Não abandonem este lado tão importante quando forem dar entrevistas. O mundo não precisa de tudo isso que noticiam, e sim de outras informações, outros pensamentos, outros comentários. Algo que “sacuda” o povo. Que nos faça acordar. Fico feliz por terem tido essa experiencia maravilhosa aí, e preocupada com o que estão passando. Beijos. dê noticias. Entre em contato quando chegar!


  62. Filhote; na angústia de pai eu procuro a força para driblar essa impotência de não poder te trazer pra casa ao mesmo tempo que controlo o orgulho de ter vc como filho…TE AMO !!


  63. Rô, bom saber que vocês estão bem!
    A propósito, essa descrição poética “como se uma onda passasse pelos nossos pés” ainda vai ficar famosa, rss
    Bjus
    Mari Guarujá


  64. qurem mudar?querem subir quando Jesus voltar?Então repita comigo com a mão direita levantada pra cima,eu,diga seu nome,eu fulano pequei contra o Senhor,mas me arrependo de todo meu coração,peço-te perdão,eu fulano aceito o Senhor Jesus Cristo como suficiente salvador de minha vida e de minha alma,Senhor escreve meu nome no livro da vida.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: